Praia Acessível possibilita banho de mar para cadeirante…

By  |  0 Comments

O programa Praia Acessível de Santos possibilita que pessoas com dificuldades de mobilidade e locomoção possam tomar banho de mar em Santos durante a temporada de Verão 2013.

No programa Praia Acessível de Santos, a Prefeitura de Santos disponibiliza gratuitamente cadeiras anfíbias – cadeiras de rodas adaptadas.

As cadeiras ficam disponíveis durante os finais de semana na temporada de Verão 2013 em Santos, das 10h às 17h, em frente ao Aquário Municipal de Santos, na Ponta da Praia e em uma barraca ao lado do canal 3.

O banho de mar do programa Praia Acessível de Santos tem supervisão de fisioterapeutas e auxiliares. O participante pode usufruir da atividade por 30 minutos. O programa é desenvolvido em parceria com o governo estadual.

Para participar do programa Praia Acessível de Santos basta preencher ficha no local e assinar termo de responsabilidade de uso do equipamento. Grupos devem agendar pelo telefone 3201-5075, na Secretaria de Defesa da Cidadania, ou pelo e-mail secid@santos.sp.gov.br.

Aloha!

Tetraplégica-Yoko-Farias-toma-banho-de-mar-e-toca-tartaruga-na-praia-do-Sueste-em-Fernando-de-Noronha

Praia do Sueste: agora, totalmente acessível a cadeirantes

Outras três praias de Fernando de Noronha também devem ser adaptadas

Não há dúvidas de que o arquipélago vem passando por uma transformação nos últimos anos. Um expoente disso é a praia do Sueste, agora totalmente acessível a cadeirantes. E ela é apenas a primeira a desfrutar dessa infraestrutura – outras três praias também devem ser adaptadas.

 

A realidade de Noronha começou a se transformar há dois anos, quando a administração do Parque Nacional Marinho, que abrange 70% do arquipélago e inclui seus principais atrativos, passou para a Econoronha, empresa do grupo Cataratas do Iguaçu, responsável também pela gestão do Parque Nacional do Iguaçu (PR).

 

A concessionária será responsável pela modernização e manutenção da infraestrutura local pelos próximos 15 anos. Para tornar a praia do Sueste acessível a cadeirantes, por exemplo, a empresa investiu R$ 10 milhões.

 

Foram instaladas uma esteira de acesso ao mar de 30 metros, banheiros e pontos de apoio, além de 4,5 quilômetros de trilhas que conectam postos de observação emblemáticos da ilha, como o Morro Dois Irmãos. Ah, e ainda há quatro “cadeiras anfíbias”, que facilitam a locomoção na areia e o acesso ao mar.

 

O fato de a gestão do Parque Nacional Marinho estar a cargo da iniciativa privada significa também que visitar Fernando de Noronha ficou mais caro. A Econoronha cobra ingresso à parte: brasileiros pagam R$ 65 e estrangeiros, R$ 130 – o “passe” vale por dez dias (maiores de 60 anos e crianças de até 11 anos estão isentos). Além disso, há a Taxa de Preservação Ambiental, do governo de Pernambuco, de R$ 43,20 por dia de permanência.

 

Detalhe: o próprio turista tem de fazer seu cartão no Centro de Visitantes do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), na Praça Flamboyant, ou no Posto de Informação e Controle (PIC) Golfinho Sancho – sem ele, o acesso não é permitido. Em breve, a Econoronha pretende vender os ingressos pela internet.

 

Segundo Pablo Mórbis, gerente da Econoronha, cerca de 70% do trabalho previsto no edital já foi entregue. Ele explica que a segunda fase do contrato, que inclui a construção da Trilha do Leão, ainda depende de estudo arqueológico para ser iniciada.

 

Em 2012, a empresa investiu R$ 7 milhões em melhorias. E, neste ano, estima aplicar mais R$ 2,5 milhões. O aeroporto também está sendo modernizado: ganhou raio X, esteiras de bagagem e sinalização.

Comments

happywheels

Deixe uma resposta

ChatClick here to chat!+
Ver peliculas online
%d blogueiros gostam disto: