MODA COMO INSTRUMENTO DE ACESSIBILIDADE

By  |  0 Comments

Meu primeiro contato com o assunto Moda Inclusiva foi quando em 2009 fui aos Estados Unidos visitar uns primos. A esposa de um deles, Susan,  tinha iniciado um negócio de vendas on-line de uma linha de meias voltadas para crianças e adolescentes com síndrome de pé pendente. E este negócio foi inspirado por seu filho Ross Daniel, que nasceu com paralisia  cerebral.

Ela queria oferecer a seu filho e a tantos como ele um produto mais bonito do que as meias sisudas que ela encontrava quando saía para fazer compras para Ross, e mais adequado às suas necessidades: um produto que deixasse suas pernas respirarem melhor e não terem sua circulação comprometida pela costura.

Aquilo ficou na minha cabeça…..ora, existe algo assim no Brasil? Existe algo confeccionado especificamente para pessoas que têm necessidades especiais como Ross?

Uni, então, meu desejo de ter meu próprio negócio com uma visão de oportunidade num mercado carente de ser ouvido e atendido em suas necessidades.

Comecei a conversar com muitos deficientes. Alguns não reclamavam, outros me indicavam uma lista de anseios que tinham em relação às suas roupas:

·      Queremos algo confortável e flexível, pois ficamos sentados o dia inteiro.

·      Queremos algo para comprimir a barriguinha

·      Queremos algo que nos facilite a vida para ir ao banheiro

 

E assim por diante…

 

Daí nasceu a Adaptwear, uma marca, que, desejo eu, venha ajudar não só PCDs mas também pessoas que estejam com algum tipo de restrição de mobilidade – pode ser uma pessoa num pós operatório, pode ser uma mãe que precisa amamentar seu filho e quer algo mais prático, pode ser uma pessoa com Mal de Parkinson ou que teve um AVC. São muitas as possibilidades.

 

A marca pretende aumentar a auto-estima de seu usuário, seja porque está vestindo algo bonito seja porque lhe traga mais auto-suficência e facilidade em seu dia a dia. Daí vem o mote da moda oferecer acessibilidade com estilo.

 

Um dos produtos-chave da marca é a calça adaptada sport Londres.

Ela foi pensada e confecionada tomando-se vários cuidados para dar conforto e proteção ao cadeirante:

·      Ela tem modelagem especial, pois é mais alta na parte de trás e “abraça” o bumbum.

·      Ela é feita em tecido de algodão com elastano para proporcionar mais conforto

·      Possui bolso interno na parte inferior da perna esquerda para acomodar a bolsa coletora de urina, usada por muitos PCDs.

·      Apresenta elástico na parte de trás do cós para mais segurança e conforto e cinto interno para manter a peça junto ao corpo quando a mesma for aberta.

·      A peça é aberta através de 2 zíperes destacáveis de metal. Um pode abrir a calça de cima para baixo e outro de baixo para cima.Assim, seu usuário não precisa descer todo o zíper se quiser esvaziar a bolsa coletora de urina.

·      E para proteger a pele abaixo dos dois zíperes foicosturada uma aba de tecido.

·      Para facilitar a manipulação do zíper por aqueles que têm dificuldade com a coordenação fina das mãos. , os cursores vêm com roletês feitos no mesmo tecido da calça. É só enfiar o dedo e puxar o zíper.

 

A Calça Adaptada Sport Londres vem nas cores bege ou verde militar. Para ver o video de demonstração da calça sport londres:

Na mesma toada, o site oferece a Bermuda Longa Adaptada Sport Sidney.

Ela tem os mesmos acabamentos da Calça Adaptada Sport Londres só que, como diz o próprio nome, é uma bermuda longa. Ela vem nas cores marinho ou cinza.

 

Acesse o site http://www.adaptwear.com.br e conheça toda a linha de roupas masculinas, femininas e de acessórios.

O site está com uma promoção de R$20,00 de desconto para a primeira compra.

FEF048B1-21AE-4342-A620-55043C74EE64[2]

Comments

happywheels

Deixe uma resposta

ChatClick here to chat!+
Ver peliculas online
%d blogueiros gostam disto: