História do casal Felipe e Fernanda

By  |  0 Comments

“Sou jornalista, natural de Brasília e tenho 29 anos, o Felipe é natural de São Paulo, tem 28 anos. Atualmente moramos em São Paulo. Somos empresários temos uma clinica de recuperação neuromotora, o Acreditando.

Ficamos cadeirantes após acidente de carro. Eu sofri um acidente em 2003, na época tinha 16 anos e tive uma lesão medular em nível C6/C7 ficando tetraplégica. Após muita fisioterapia movimento os braços normalmente.
O do Felipe foi em 2008, na época tinha 21 anos e teve uma lesão medular em nível L1 que o deixou paraplégico.

Após sofrer o acidente eu fomos atrás de diversos centro de reabilitação no Brasil, porém encontrava apenas os modelos tradicionais que não acreditavam no potencial de ganho abaixo do nível da lesão. Os centros do Brasil ensinam o cadeirante a ser cadeirante. Não estimulam os segmentos que foram lesionados.

Comecei então a buscar por tratamentos diferenciados nos Estados Unidos. Foi então que encontrei um centro de recuperação neuromotora na cidade de Carlsbad, na Califórnia que ia muito de encontro com o que eu acreditava.
Fiquei encantada com o tratamento e evoluções dos clientes que se reabilitavam nesse centro.

Mergulhei na pesquisa sobre o trabalho realizado e não encontrava nada no Brasil parecido e nenhum brasileiro que até então tinha se tratado nesse centro.
Fiz minha inscrição para participação no programa e estava aguardando ansiosamente para iniciar o tratamento.

Nisso, o Felipe começou a ver diversos vídeos do local e encontrou um vídeo de uma brasileira, (no caso, eu!) que estava arrecandando fundos através de campanha para fazer o tratamento nesse mesmo local que ele também estava indo.

Através do finado orkut e msn (rs) começamos a bater papo sobre o tratamento e foi então que começamos a encontrar diversas coisas em comum. Inclusive um sonho de levar esse modelo de trabalho para o Brasil todo.

Após 1 mes, Felipe foi para o Estados Unidos e eu continuei a campanha para arrecadar fundos.
Falávamos todos os dias, ele mostrava o local de tratamento, falava sobre tratamento, enfim, dava incentivo para que eu conseguisse estar lá, enfim conversávamos quase 8 horas por dia. Quando vimos já estávamos apaixonados e envolvidos. Após 3 meses, consegui arrecadar dinheiro suficiente para fazer o tratamento e então na Califórnia começamos a namorar e viver nosso sonho Californiano (rs).
Após 1 ano de tratamento, vimos a necessidade de voltar para o Brasil por conta de familia, questões financeiras (por ser tudo em dólar), etc. Então resolvemos acreditar em nossos sonhos, casamos, e abrimos um centro de recuperação neuromotora que a base da metodologia é a mesma da filosofia que tratávamos lá nos Estados Unidos. A ideia era um clinica pequena para a gente se tratar, porém o trabalho tomou um rumo e hoje atendemos gente do Brasil todo.

Hoje moramos sozinho, administramos o Acreditando e vivemos uma vida plena e feliz. Acho que resumindo é isso.😛

A idéia do canal surgiu porque sempre que contamos para as pessoas que moramos sozinhos, somos independentes, viajamos, fazemos as rotinas de casa, etc, elas sempre nos olham com aquele espanto de “mais como eles fazem isso?”
Então resolvemos compartilhar nossa vivencia do dia a dia, o nosso mundo adaptado para mostrar que é possível viver um vida plena em uma cadeira de rodas.

Para as pessoas sem deficiência, acreditamos que quebramos esse paradigma de coitado que muitas ainda teem do cadeirante, uma vez que mostramos tudo de uma forma bem descontraída, com problemas, perrengues normal de um casal, mas tudo isso em um vida adaptada.
Para as pessoas com deficiência motivamos a seguir em frente e mostrar que tudo é possível. E mostramos que elas podem ir sempre além

Por enquanto estamos apenas com o canal e redes sociais (Instagram, Facebook, Snapchat). São vídeos sempre semanais e tudo com humor, (as vezes mau humor, rs) curiosidades e informação”.

O endereço do canal é youtube.com/FesSobreRodasOficial
Instagram: @FesSobreRodas
Facebook.com/FesSobreRodas
Snapchat: FesSobreRodas

FONTE SAPATILHA SOBRE RODAS

Comments

happywheels

Deixe uma resposta

ChatClick here to chat!+
Ver peliculas online
%d blogueiros gostam disto: